16/12/2016

A analgesia na Fisioterapia - parte 4 - Considerações Finais




E vamos às considerações finais.


Analgesia
Dentre, praticamente, todos os artigos que vimos nesses últimos textos, praticamente nenhum se enquadrou no modelo de tratamento da "analgesia".

Ou seja, se alguém lhe disser que você deve fazer "analgesia" para que suas dores melhorem e, só depois, começar com exercícios ou outras atividades, saiba que não há fundamentação científica nenhuma nessa orientação.

ENFATIZAMOS COM DESTAQUE: o que provavelmente ocorrerá, se você realizar esse tipo de conduta, é que a melhoria que você obtiver - que lhe, eventualmente, "permitir" a realização de exercícios - muito provavelmente será devido à própria história natural e efeitos inespecíficos, como discutimos anteriormente.

Efeitos Temporários
Por outro lado, isso não quer dizer que os aparelhos comumente utilizados para "analgesia" não possam ter efeito analgésico. Especialmente o TENS e o Laser parecem promover esse tipo de efeito. No caso, um efeito temporário, que não se mantém após o uso. Esse tipo de benefício, embora clinicamente (no geral) menos importante, pode ser importante para certos perfis de indivíduos.

Como exemplo, para certos pacientes com dor crônica obter alívio temporário das dores pode ser uma grande coisa, difícil até de imaginar para quem não está sentindo a dor. Ou seja, não dá pra desconsiderar totalmente um recurso somente por não trazer benefícios duradouros. Em atletas de alto rendimento, freqüentemente com dores, o possível benefício de efeitos temporários também não pode ser descartado, especialmente se for possível o uso dos aparelhos ao longo do tempo.

Por outro lado, ainda em relação aos efeito temporários, por mais que pareçam serem benéficos (há a diminuição da dor) eles podem ser prejudiciais.

Em primeiro lugar, ao diminuir a dor (temporariamente) eles podem estar camuflando os resultados reais do tratamento. Ou seja, dão a impressão de uma melhora, quando essa melhora não está acontecendo.

Em segundo lugar, eles fazem com que os efeitos reais sejam, erroneamente, atribuídos aos aparelhos. Sejam efeitos oriundos de outras condutas, sejam efeitos inespecíficos do tratamento, como já mencionamos anteriormente.

Efeitos Duradouros
Quando falamos em benefícios duradouros, o único que, possivelmente, pode trazê-los (ênfase no pode) em certas circunstâncias, é o Laser Terapêutico.

Ainda assim, são questionáveis. Parece existir uma tendência de que publicações científicas que não trouxeram resultados positivos (ie tratamentos que não tiveram efeito) não sejam publicadas. Isso se daria, especialmente, por parte de quem têm interesse em mostrar resultados. Se após todos esses anos de uso, marketing e venda de aparelhos como os mencionados ainda não se conseguiu mostrar, com clareza, resultados clínicos efetivos, a balança da probabilidade de sua efetividade pende para o lado negativo.

O que fazer?
Os não profissionais, pacientes e/ou leigos devem ter consciência da INEXISTÊNCIA de fundamentação do tratamento de "analgesia" e da limitada utilidade clínica dos aparelhos.

Os profissionais devem saber, com base nas evidências científicas e na pessoa a quem estão atendendo, escolher adequadamente as condutas a serem utilizadas, incluindo ou não o uso dos aparelhos.

Salienta-se, porém, que o uso de recursos sem efetividade clínica deve ser transmitido com transparência a quem está pagando por seu uso.

É FUNDAMENTAL QUE TANTO TERAPEUTAS COMO PACIENTES TENHAM CONSCIÊNCIA DISSO!


Outras considerações
Alguns poderão criticar dizendo que deixamos de comentar sobre outros aparelhos como Corrente Interferencial, Ondas Curtas, Micro-Ondas e outros. De fato não o fizemos. Mas a crítica a seu uso parece também ser válida. Se pesquisarmos tais aparelhos muito provavelmente observaremos que também não há evidência forte de sua efetividade.

Esperamos que essa série de artigos tenha, de alguma forma, lhe trazido algum benefício.


Evidentemente que essas são opiniões. Fique á vontade para discutir e discordar (sempre com respeito a todos) nos comentários!

<<< parte 3 - o Laser Terapêutico

Um comentário:

Seja bem vindo em comentar e dividir sua opinião. Pedimos apenas que seja respeitoso com todos e que se identifique através de seu nome, profissão e e-mail.

Comentários sem identificação serão moderados e/ou deletados.

TrendsTops

TrendsTops - Agregador de Links

Uêba

Uêba - Os Melhores Links